Kalleb é uma criança extrovertida em busca de uma família adotiva

27 Ago 2019

Por: TJDFT
Foto: TJDFT

Kalleb é uma criança de 6 anos de idade definida como muito extrovertida por suas cuidadoras. Ele sorri para todos e quando ouve uma música demonstra toda a sua alegria. A sua simpatia é tão contagiante que ganhou um carinhoso apelido das pessoas que convivem com ele na instituição que o acolhe: “Bombom”.

Ao chegar na entidade, com apenas um ano de idade, as cuidadoras logo perceberam que o choro daquele pequenino não era apenas de dor. Realizados os exames, os médicos identificaram que ele tem hidrocefalia. Foi realizada uma cirurgia que o transformou na criança alegre, tranquila e adorada pelas pessoas da instituição. Dentro de suas limitações, ele interage com todos e os cativa com seu sorriso.

Passados seis anos, a coordenadora da instituição, Cássia Stumpf, o define como um super companheiro. Ela lamenta que a maioria das pessoas olhe primeiro a deficiência em detrimento do indivíduo em si. “ Não entendem que a deficiência é só uma vírgula na vida da pessoa”, diz Cássia.

“Bombom”, de acordo com a coordenadora, reconhece o som das vozes, se alegra com música, é uma criança alegre, extrovertida e que gosta de brincar. “Eu vejo que a família que adotar o Kalleb terá um filho que vai sentir falta dos pais quando saírem para trabalhar, e os receberá de volta com um grande sorriso. Por mais que gostemos dele e o cuidemos com muito carinho, nenhuma instituição pode prover à criança o amor de uma mãe e de um pai”, comenta Cássia.

Kalleb faz parte do projeto “Em Busca de Um Lar”, idealizado pela Vara da Infância e Juventude do Distrito Federal, com o objetivo de viabilizar a inserção em família substituta de crianças e adolescentes que, em decorrência de suas características, têm dificuldade de despertar o interesse de adotantes.