Projeto de combate ao abuso sexual contra crianças e adolescentes vai à escola

02 Set 2019

Por: TJPA
Foto: TJPA

Juíza diz que ambiente escolar é considerado uma espécie de segundo lar para a maioria dos estudantes

Projeto "Minha Escola, Meu Refúgio", desenvolvido pela Vara de Crimes contra Crianças e Adolescentes da capital paraense, realizará duas visitas a escolas neste mês de outubro, período em que é comemorado o Dia das Crianças. A primeira visita ocorrerá nesta sexta-feira (13), às 9h, na Escola Municipal de Ensino Infantil e Fundamental Rotary, localizada na Rua Lauro Malcher, nº 279, no Bairro Condor. Durante as visitas, professores, técnicos, pais e responsáveis de alunos serão esclarecidos sobre como identificar sinais de violências contra crianças e adolescentes.

Na sexta-feira seguinte (20), outra visita será realizada, também às 9h, na Creche Santo Antônio Maria Zaccaria, localizada na Travessa Boaventura, nº 1796, Bairro do Umarizal. Além de alunos, professores e funcionários do local, esta ação contará com a presença de membros da Creche Sorena e do Projeto Social Cantinho São Rafael.

De acordo com a idealizadora do projeto, juíza Mônica Maciel Soares Fonseca, que estará presente nas visitas junto da equipe multidisciplinar da Vara de Crimes contra Crianças e Adolescentes da capital, o ambiente da escola, considerado uma espécie de segundo lar para a maioria dos estudantes, é mais favorável para que professores, com apoio dos pais, identifiquem sintomas de abusos nas crianças.

Segundo o Tribunal de Justiça do Estado do Pará, desde a sua criação, em 2014, o projeto já visitou 20 escolas públicas da Região Metropolitana de Belém. A finalidade do “Minha Escola, Meu Refúgio” é o fortalecimento da rede de proteção de crianças e adolescentes. Alguns dos objetivos estratégicos do projeto são fomentar a interação e a troca de experiências entre as diversas comarcas do Estado e com outros Tribunais e promover a proteção integral à criança e ao adolescente e o respeito à dignidade da pessoa humana.